Skip to content

Recriação de narrativas tradicionais (4)

08/04/2013

contador

A Gata Borralheira

        Era uma vez um homem viúvo que tinha três filhas, Franjinhas, Dentuças e Cinderela. Como a Cinderela era muito linda, a Franjinhas e a Dentuças tinham raiva dela, por isso estavam sempre a humilhá-la e a pregar-lhe partidas.

Certa vez, a Cinderela foi convidada para um concerto de João Belo, filho e suas bailarinas no palácio, patrocinado pelo príncipe.

Como de costume, Cinderela teve de pedir ajuda à fada madrinha para escolher a roupa. Levou um vestido preto e umas botas de salto agulha.

Já no baile, chegou a altura da atuação dos artistas convidados. A Cinderela não gostou nada de ouvir aquela voz horrível do João Belo, por isso tirou uma das botas e atirou-lha à cabeça, só que a bota fez ricochete e foi cair aos pés do príncipe. Ele levou-a à Cinderela… e foi amor à primeira vista.

Depois do casamento combinado, Cinderela levou a Dentuças ao dentista para arranjar-lhe os dentes, e a Franjinhas ao cabeleireiro para lhe ajeitar o cabelo e, assim, mesmo tendo sido muito más anteriormente, as irmãs foram as damas de honor no casamento de Cinderela com o príncipe, no mês seguinte.

Autores: Bruna Costa, Gabriel Almeida e Maria Santos do 8ºB

Nota do Ares da Ria:  recebemos várias  “recriações” elaboradas por  alunos do 8º ano nas aulas da disciplina de língua portuguesa que continuaremos a publicar durante este período. Bom trabalho!

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: